Muitas vezes, quando estamos pensando na composição da mobília e decoração da nossa casa, acabamos cheios de dúvidas sobre o que escolher. Existem diversos estilos de pisos, revestimentos, ornamentos e adereços disponíveis no mercado e, embora a diversidade nos dê mais opções, também pode tornar essa escolha mais difícil.

O que utilizar?

Perguntas como “O que eu uso para fazer a minha cozinha?” ou “Qual azulejo é melhor para revestir o banheiro que estou reformando?” são bem frequentes.

Quando encontramos essas dificuldades, o primeiro passo é saber bem a diferença entre os materiais disponíveis para a nossa composição, entendendo o que cada ambiente está pedindo. Já pensou nisso?

Opções diferentes

Pensando nessas situações, selecionamos dois exemplos de materiais que demonstram bem a variedade que podemos encontrar: a cerâmica e o porcelanato. Qual a diferença?

O porcelanato, inventado nos anos 1980, é feito através da junção da porcelana a outros materiais, enquanto a cerâmica, que já é utilizada há milênios, é produzida através da moldura de argila com diferentes combinações de minerais.

Nos resultados, outra diferença: o porcelanato, por ser produzido em alta temperatura, se mostra bastante resistente. A cerâmica, por sua vez, possibilita uma estética de beleza surpreendente, de acordo com a forma como é moldada.

Variedade

Para se obter um bom resultado, é importante estar atento aos objetivos estéticos e à necessidade de harmonia com o restante do espaço. Cada ambiente pode pedir um tipo de revestimento apropriado.

Porcelanato Natural – ou Técnico, para os íntimos

É conhecido por ser resistente à aplicação de produtos químicos e ao desgaste provocado pelo tempo e uso excessivo. Exatamente por isso, é uma boa recomendação para espaços externos ou áreas de grande circulação de pessoas.

Porcelanato Polido

Por receber uma camada protetora e um bom polimento após ser fabricado, este tipo de porcelanato exibe uma beleza e um brilho sem igual.

Porcelanato HD Cristallo

Pensado para parecer com pedras e outros materiais encontrados na natureza, possui características técnicas de alto padrão, mantendo o brilho e a naturalidade.

Cerâmica Monoporosa

Com aparência extremamente delicada, esta cerâmica trás, na verdade, uma grande vantagem: É desenvolvida com a capacidade para absorver água com muita facilidade. Por essa característica, normalmente é utilizada para as paredes.

Cerâmica Patchwork

Caracterizada pela abundância de cores, texturas, desenhos e formas geométricas. Utilize esta cerâmica e você verá sua casa se transformar em uma bela obra de arte. Não me surpreenderia se acabasse passando horas admirando seu próprio banheiro, ou sua cozinha nova.

Cerâmica Esmaltada


Recebe uma camada de esmalte em sua superfície, com inúmeras possibilidades: pode se manter lisa, com relevo, rústica, acetinada ou brilhante. Assim como o porcelanato Cristallo, por ser impressa em HD traz mais valorização das cores e opções estéticas.

Você pode pedir ajuda

Além desses, existem vários outros tipos diferentes de empregar os dois materiais. Seja para aplicar em seu piso, parede ou em objetos e outras construções que compõem seus ambientes, o importante é utilizá-los de forma que você se sinta confortável e bem-vindo em todos os cômodos. Para isso, é sempre aconselhável a ajuda de especialistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.